• Skull Blog

Cinco filmes que farão você ler "Os Silenciados" de J. R. Ramos

Atualizado: 18 de Nov de 2019

Já faz muito tempo que este que vos fala não escreve sobre filmes, acredito que a vida nos faz voltar às origens. Então... Pegue a pipoca e venha conhecer os cinco filmes inspiratórios para a criação de Os Silênciados, o Slasher literário de J.R. Ramos lançado em 2019 pela Skull Editora.


Primeiro, vamos ao livro: Uma festa de Halloween acaba da pior maneira possível, quando um incidente de bullying quase tira a vida de um jovem socialmente excluído, deixando também sua namorada — igualmente rejeitada — psicologicamente instável. Algum tempo depois, homicídios estranhos e diretamente relacionados aos envolvidos começam a acontecer. É quando Sam, Charlie e Emma, que estiveram lá, questionam se os crimes são seriam, na realidade, um ato de vingança; ao mesmo tempo em que idealizam os possíveis suspeitos. O relutante trio se vê num jogo de perseguição perigoso, desejando descobrir, a qualquer custo, a real identidade do assassino — que tornou-se conhecido como O Silenciador. Enquanto o tempo avança, o menor dos deslizes pode ser fatal, segredos obscuros estão vindo à tona, e mais sangue inocente é derramado.

Com todos os elementos dignos de um filme da década de 70, “Os silenciados” nos traz a tensão da busca por respostas unida com o medo de seu personagem preferido ser o próximo a perder a cabeça.


Segue lista de filmes, e boa leitura:


Eu sei o que vocês fizeram no verão passado. (1997)


É um filme slasher norte-americano de 1997, dos gêneros terror e suspense, dirigido por Jim Gillespie, com roteiro de Kevin Williamson baseado no romance homônimo de Lois Duncan, publicado em 1973. O filme centra-se em quatro jovens amigos que são perseguidos por um assassino empunhando um gancho um ano depois de encobrir um acidente de carro em que mataram um homem. O filme também se inspira na lenda urbana conhecida como Homem do Gancho.

Depois de escrever Scream (lançado no ano anterior), Williamson foi abordado para adaptar o romance-fonte de Duncan pelo produtor Erik Feig. Onde o roteiro de Williamson para Scream continha elementos proeminentes de sátira e auto referencialidade, sua adaptação cinematográfica de I Know What You Did Last Summer reformulou a trama central do romance para se parecer com um filme slasher da década de 1980. Filmado em locações na Califórnia e na Carolina do Norte na primavera de 1997, I Know What You Did Last Summer foi lançado nos cinemas na América do Norte em 17 de outubro de 1997. Recebeu críticas mistas dos críticos, mas obteve sucesso comercial, faturando US$125 milhões em todo o mundo com um orçamento de US$17 milhões e permanecendo em primeiro lugar nas bilheterias dos EUA por três semanas consecutivas. Também foi indicado e ganhou vários prêmios.

Pânico ( Scream ) 1996

Baseado, em parte, no caso Gainesville Ripper, Scream foi inspirado pela paixão de Williamson por filmes de terror, especialmente Halloween (1978).

Uma estudante do ensino médio, Casey Becker (Drew Barrymore), recebe um telefonema de uma pessoa desconhecida, perguntando-lhe: "Qual é o seu filme de terror favorito?" A situação se agrava rapidamente quando a pessoa desconhecida transforma a ligação em uma conversa sádica e ameaça a vida de Casey, revelando que seu namorado Steven Orth (Kevin Patrick Walls) está sendo mantido como refém. Depois que Casey deixa de responder a uma pergunta corretamente sobre filmes de terror, Steven é assassinado. Quando ela se recusa a responder outra questão, é atacada e morta por um assassino mascarado. Seus pais (Carla Hatley e David Booth) chegam em casa e encontram seu corpo pendurado em uma árvore.

O enredo gira em torno de Sidney Prescott (Campbell), uma estudante do ensino médio da cidade fictícia de Woodsboro, Califórnia, que se torna o alvo de um assassino misterioso conhecido como Ghostface. Outros personagens principais incluem a melhor amiga de Sidney, Tatum Riley (McGowan), o namorado de Sidney, Billy Loomis (Ulrich), o melhor amigo de Billy, Stu Macher (Lillard), Randy Meeks (Kennedy), o vice-xerife Dewey Riley (Arquette) e a repórter de notícias Gale Weathers (Cox). O filme revitalizou o gênero nos anos 1990, utilizando um conceito que combinava cenas assustadoras com diálogos que satirizavam os clichês dos filmes de terror e foi considerado o único no momento da sua estreia em que os personagens estavam cientes de filmes de terror no mundo real.



Noite de Terror - Black Christmas ( 1974)

É um filme canadense de 1974, dos gêneros de terror e suspense, dirigido por Bob Clark, com roteiro de Roy A. Moore baseado numa série de assassinatos que ocorreram em Quebec na época do Natal. A trilha sonora é de Carl Zittrer.

Chegou o Natal! As garotas de uma fraternidade fazem planos para o feriado, mas estranhas ligações anônimas começam a incomodá-las. Quando Clare desaparece, elas ligam para a polícia, que não dá muita bola. Enquanto isso, Jess está planejando um aborto, mas seu namorado Peter é radicalmente contra. A polícia finalmente começa a se preocupar quando uma garota de 13 anos é encontrada morta no parque. Eles grampeiam o telefone da fraternidade, mas será que isso será suficiente para impedir a morte das garotas da fraternidade?



Crywolf - jogo da mentira (2005)

Quando uma jovem é assassinada, um grupo de estudantes decide assustar os colegas, espalhando o rumor de que um assassino em série chamado "O Lobo", anda à solta. Ao espalharem o boato de como as supostas vítimas de "O Lobo" são assassinadas, os estudantes tem como objetivo fazer com que o maior o número de alunos acreditem na história e verificar se alguém descobre a brincadeira. Mas, quando as vítimas descritas começam à ser mortas, ninguém sabe onde termina a mentira e onde começa a verdade







O dia do Terror (Valentine) 2001


O enredo do filme gira em torno de Kate (Marley Shelton), Paige (Denise Richards), Dorothy (Jessica Capshaw), Lily (Jessica Caulffel) e Shelley (Katherine Heigl), amigas inseparáveis, que cresceram juntas, estudaram juntas e que têm o mesmo sonho de um dia encontrar o homem perfeito. Lily é a engraçada; Paige é a "sexy" da classe; Kate é a popular; Dorothy é a insegura; e Shelley é a inteligente. As cinco eram um grupo extremamente unido no colégio: desprezando os nerds e dominando as outras garotas. O tempo passa e as meninas crescem ainda unidas, mas cada uma conduzindo a sua própria vida. David Boreanaz entra na história como um jornalista e escritor de esportes chamado Adam. Kate se ve envolvida pelo rapaz e sente que ele também está atraído por ela. O filme começa um dia antes de um dia dos namorados, quando as amigas se reúnem para o funeral de um amigo. Depois, elas passam a receber estranhas e assustadoras mensagens de dia dos namorados. No começo, elas acham que é brincadeira, mas, enfim, encontram um detetive Leon Vaughn (Fulvio Cecere) investigando a causa da morte da amiga e ele diz que pode haver um elo entre as mensagens e algum acontecimento do passado - quando eram adolescentes, elas atormentaram um menino durante um baile de dia dos namorados. Um menino chamado Jeremy Melton. A polícia tenta traçar um paralelo entre aquele menino do passado com algum rapaz do futuro, mas estão longe de encontrar a verdade. Ela não encontra nenhum endereço recente, fotografia ou qualquer informação a respeito do suposto causador das ameaças. Se Jeremy Melton ainda existe, ele pode ser qualquer um, em qualquer lugar.

As garotas passam a ser ameaçadas de forma mais violenta e passam a temer que alguém que elas conhecem pode ser na verdade um perigoso assassino.


Se você chegou até aqui é porque a sessão Skull de cinema o agradou, agora, corre lá e conheça o livro. O Silenciador está a sua espera.


Link do Livro: Amazon

116 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CNPJ: 27.540.961/0001-45
Razão Social: Skull Editora Publicação e Vendas de Livros
Endereço: Caixa postal  79341 - Cep: 02201-971, - Jardim Brasil, São Paulo - SP

© 2020 Skull Editora. Todos os direitos reservados.