• Beatriz Faria

Roi... Conto novo, né? |5

'Eu peço ajuda'

por Guilherme Buiatti



Estou aqui há mais de duzentos anos e nunca testemunhei tamanha crueldade. Quando tudo começara? Todas estão caindo. Uma a uma. Ao meu lado, desesperadas e desoladas. As que foram atingidas com a fervente brasa, morreram em minutos. Não há maior dor.

Havia um suntuoso lago próximo a mim, eu o vi secando. Tudo começou quando sua aparência deixou de ser bela e cristalina para se tornar cinzenta e sem vida. Era tudo um sinal, afinal, não haverá mais vida aqui. Lhes pedimos ajuda, mas desprezaram. A evolução lhes levou ao retrocesso, e o retrocesso, levará todos ao fim, que resmunga em meus galhos de forma assustadora. Eu peço ajuda.

Neste exato momento, a única que restava além de mim cai de forma lenta para o seu declínio. Como era ela linda, seus frutos eram belos, sua casca marcava a identidade de seus ancestrais que a louvavam, como uma rainha. O que vocês louvam? O que de fato é importante? Não há mais tempo. Eu pedi ajuda. Eu peço.

— Peguem-na e a levem. Falta apenas uma! — Berrou uma voz, que se expressava com tanta satisfação que me fez perceber que vocês querem isso. O fim.

Inúmeros povos já passaram por mim. A maioria deles, escalava com leveza em seus pés e colhiam o que eu podia oferecer. Era calmo e íntimo. Agora, só resta a mim. O que fazer perto da ruína? Vocês devem saber, morreram há anos. O verde virou cinzas. O marrom virou lenha. A cor, brasa.

— Agora! — Berrou mais uma vez, enquanto manuseava seu instrumento do qual não quero conhecer.

Eu senti a dor logo no primeiro momento. Uma pequena parte das folhas despencaram em meu ruído, mas não escutaram. Eu então os vi. Como chegaram a este ponto? E por quê? O que ganharam? Nós lhes oferecemos tudo o que podíamos. Não dependemos de vós, mas vós dependeis de nós. É o momento. Então é essa a sensação de partir? Não sinto raiva. Rancor. Apenas o meu luto, porque não irei sozinha. Eu pedi ajuda, todo esse tempo, mas agoa estou despencada, caída. E finalmente, a última.

— Acabamos! — Escutei, antes de conhecer o fim.


16 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CNPJ: 27.540.961/0001-45
Razão Social: Skull Editora Publicação e Vendas de Livros
Endereço: Caixa postal  79341 - Cep: 02201-971, - Jardim Brasil, São Paulo - SP

© 2020 Skull Editora. Todos os direitos reservados.