top of page

Para você que é de Halloween, Happy Halloween e para você que é de Saci. Feliz dia do Saci.

Todo ano a mesma discussão no baixo clero das redes sociais se desenvolve nas 24h do dia 31 de outubro. Um lado debate a comemoração do Halloween, um festival de origem pagã, mas que com o passar dos anos se tornou uma das maiores expressões culturais em terras estrangeiras. O outro lado debate a valorização de uma comemoração brasileira, uma digna festa em nome de um dos maiores e mais conhecidos personagens do nosso folclore. Mas o que nunca se debate é: É possível comemorar as duas festas?


Hoje vou falar para você que é Halloween e você que é de Saci, que sim. Está tudo ligado. Halloween, ou Dia das Bruxas, é uma celebração observada em vários países, principalmente no mundo anglófono, em 31 de outubro, véspera da festa cristã ocidental do Dia de Todos os Santos. Ela começa com a vigília de três dias do Allhallowtide, o tempo do ano litúrgico dedicado a lembrar os mortos, incluindo santos (hallows), mártires e todos os fiéis falecidos.



Acredita-se que muitas das tradições do Halloween originaram-se do antigo festival celta da colheita, o Samhain, e que esta festividade gaélica foi cristianizada pela Igreja primitiva. O Samhain e outras festas também podem ter tido raízes pagãs. Alguns, no entanto, apoiam a visão de que o Halloween começou independentemente do Samhain e tem raízes cr istãs.

Entre as atividades de Halloween mais comuns estão festas e fantasia, praticar "doce ou travessura", decorar a casa, fazer lanternas de abóbora, fogueiras, jogos de adivinhação, ir em atrações "assombradas", contar histórias assustadoras e assistir filmes de terror. Em muitas partes do mundo, as vigílias religiosas cris

tãs de Halloween, como frequentar os cultos da igreja e acender velas nos túmulos dos mortos, permanecem populares, embora em outros lugares seja uma celebração mais comercial e secular. Alguns cristãos historicamente se abstêm de carne no Dia das Bruxas.

Não é só Doce ou travessuras, para alguns a festa bonita em que se vestir de monstros é legal, para muitos, uma data especial e de celebração que se conecta ao dia 01 de novembro. Dia dos Mortos, Dia de los Muertos, dia de todos os santos. Uma data que se comemora também mundialmente. Reverenciada das mais diversas formas, tal qual o Halloween. No brasil é comum visitar cemitérios, como no México. Eu que moro de frente pra um, já vejo, os mais fiéis, entrando no cemitério do tremembé para levar flores aos seus antepassados.E o Saci?

Personagens do livro O Tratado dos Pés descalços - Guilherme Viana, 2018, Skull Editora

O saci, também conhecido como saci-pererê, saci-cererê, matimpererê, matita perê, saci-saçurá e saci-trique, é um personagem bastante conhecido do folclore brasileiro. Tem sua origem presumida entre os indígenas da Região das Missões, no Sul do país, de onde teria se espalhado por todo o território brasileiro.


Série Cidade Invisível - Netflix

A figura do saci surge como um ser maléfico, como somente brincalhão ou como gracioso, conforme as versões comuns ao sul do país. Conhecido nacionalmente tanto no nosso folclore como em nossa literatura, cinema e teatro. Um personagem anualmente reverenciado, mas esquecido no seu dia.


O Dia do Saci consta do projeto de lei federal nº 2.762, de 2003 (apensado ao projeto de lei federal nº 2.479 de 2003, proposto por Aldo Rebelo), elaborado pelo deputado federal Chico Alencar, (PSOL - RJ) e pela vereadora de São José dos Campos Ângela Guadagnin (PT - SP), com o objetivo de resgatar figuras do folclore brasileiro, em contraposição ao "Dia das Bruxas", ou Halloween, de tradição cultural celta. Propõe-se seja celebrado em 31 de Outubro.




Propõe-se seja celebrado em 31 de Outubro.

Anteriormente, leis semelhantes foram aprovadas pela Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo e na Câmara Municipal de São Paulo. O Estado de São Paulo oficializou a data com a Lei nº 11.669, de 13 de janeiro de 2004. Outros dez municípios paulistas, além da capital, já haviam feito o mesmo: São Luiz do Paraitinga (onde a festa dedicada ao Saci dura quase duas semanas), São José do Rio Preto, Guaratinguetá e Embu das Artes. Em municípios de outros Estados: Vitória (Espírito Santo); Poços de Caldas e Uberaba (Minas Gerais); e Fortaleza e Independência (Ceará).

Porém, o feriado acabou não sendo popularizado, justamente por contrapor-se ao Dia das Bruxas, popular dada a influência global da cultura americana. No Brasil, é comum não se valorizar o que é cria da casa e hipervalorizar coisas vindas de fora. Dando maior importância e significado. Óbvio, uma tradição tão bonita de enfeitar a casa e sair pedindo doces aos vizinhos sempre será vista com bons olhos, mas porque não fazer aqui, com traços nacionais. Com valorização e apresentação dessa nossa cultura tão rica? Leia Também: Festa do Saci APCEF/RJ


Temos espaço e tempo para todos, para você que é de Halloween, Happy Halloween, e para você que é de Saci, Feliz dia do Saci. No dia de hoje, divirta-se à sua maneira, e em vez de discutir a forma com que o outro deseja se divertir.


Conheça: Série Pindorama Livros publicados pelo autor Guilherme Viana com base no nosso folclore em que o personagem principal é um Saci,

Leia também: Festa do Saci





61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page