• Beatriz Faria

Métodos de escrita #5 - Você está divulgando seu livro?



O título foi pra chamar atenção, mas as diquinhas aqui são pra divulgar o seu autor/autora anterior. Você acabou de assinar um contrato de publicação com a Editora Skull e agora pode relaxar…

HAHAHAHAHAHAHAHA.

Não mesmo. Seus problemas acabaram de começar.

Publicação independente é diferente da formal com a Editora porque temos um apoio, isso é fato. Também em certo dizer que em nenhum momento você está autorizado a ficar quietinho no sofá vendo série na netflix. Amada, acorda. Sua editora linda e maravilhosa tem mil livros pra publicar, mil e um para editar, duzentos envios para fazer e um evento pra programar… Ah, mas no contrato tá incluindo divulgação e mimimi. E tá. Ainda sim fica a questão: você vai esperar sua Editora te dar tudo mastigadinho ou vai levantar a bunda e começar a trabalhar?


É claro que você quer uma divulgação boa e eu vou te contar um segredo: noventa por cento de uma divulgação vem do próprio autor.


Como? Tem tantas maneiras que todas as coisas que eu te contar são a ponta do iceberg. Contratar uma assessoria e tantas outras coisas de marketing são geniais, mas as diquinhas daqui não vão doer nadinha no seu bolso.


O livro vende quando o autor se vende - não me entenda errado. Rede social nessa vida é tudo de bom e vou te mostrar como pode ser útil.



No Instagram

Mostra a cara nas redes sociais, faz um vídeo bonitinho lendo um trecho do livro, abusa de canva/picsart e tantos outros aplicativos gratuitos. Instagram possui o Reels, dá pra gravar uns segundinhos folheando o livro, mostrando seus detalhes, dedicatória, capa, orelha, lombada… Eu sei que seu livro é lindo, mas as pessoas que podem comprar ainda não sabem.


Vá atrás de bookgrams para divulgação de capa, sinopse e resenhas. Existem resenhistas que cobram, existem outros que não. Existem aqueles que só se interessam por físicos e aqueles que estão de boa. A escolha é sua. Realize um sorteio bacana com as famosas regrinhas a) seguir e b) marcar amigo, chame atenção pro seu livro do jeito que for! Como a Thalita Rebouças costuma dizer: subi em um banquinho na bienal e comecei a gritar ‘compra meu livroo’. Viraliza na internet com um meme… É muita coisa que você pode fazer.

Live com outras pessoas, entrevistas e muitos outros.

Vergonha na cara é um atributo de poucos. Se você não tem, vai fundo! Propague para todos os quatro cantos.



No facebook (Essa aprendi com o Jonas Vendrame, obrigada por tudo!)


Alguns podem até dizer que o Facebook está se tornando obsoleto e de uma coisa é certa: os grupos desse rede social jamais deixarão de existir. No face a gente encontra grupo de tudo. Mães de Taguatinga. Troca e venda de materiais de carro. Vende-se geladeira. T-u-d-o. Sabe mais o que tem lá? Seu público alvo. Alguns desses grupos permitem postagens de divulgação e, quando for o caso, use e abuse. Compartilhe o seu material, adicione o link do livro e voalá.



Twitter

A rainha que o diga. Yueh Fernandes faz a feira de livros pela rede social. Pega um gancho com os trending topics e pronto, livro vende que nem água.


Marketing Digital não é uma coisa fácil, mas também não é algo impossível de se trabalhar. Atualmente é o que está mantendo as empresas ativas e com vendas correndo, mas se você pensa que os resultados obtidos são resultados apenas de uma divulgação em massa, desculpe meu caro amigo, mas você está completamente enganado.

Claro, hoje o Marketing engloba todas as áreas e nichos do mercado mundial e, por mais que não o vejamos nitidamente direcionado para literatura, com toda certeza lá ele também existe sendo usado por autores que sacaram a brincadeira e estão promovendo seus livros. Não é só porque é um livro o seu produto que seu método de ser visto é postando a capa do mesmo e pedindo para que as pessoas comprem. NÃO!





Analisando uma frase de Philip Kotler, um professor universitário estadunidense focado em Marketing, ele explica sua área como: atividade humana dirigida para a satisfação de necessidades e desejos por meios de processos de trocas.


Fica claro que o ato de divulgação (marketing em si) não é expor seu produto em qualquer lugar que seja e “obrigar” que comprem, comprem e comprem! É necessário que ofereça algo de troca para exigir isso.

Agora eu te pergunto: o que oferecer ao seu cliente (leitor, no caso) além da sua obra escrita em si? Lembrando que a ideia aqui é ensinar formas de se promover, uma vez que todos já sabem o que você vende.

Pensou? Tem uma ideia? Pois bem… O que você oferecerá em troca do seu produto final - com exceção da leitura - é uma boa e inteligente apresentação do seu trabalho e que pode despertar interesses no seu consumidor?


Como fazer isso?

Existe um conceito dentro do MKT que, assim como todos os outros métodos e dicas, pode se adaptar no seu meio de trabalho, produto ou serviço. E ele se chama Os 4Ps. São os elementos básicos de qualquer jogada de marketing usada para aproximar seu produto ao público-alvo. Tendo em mente que postar a capa do seu livro não se qualifica como uma divulgação eficaz para obter vendas, seguimos com um modelo básico, simples e de fácil entendimento que facilitará sua ação de promoção.


Seu cliente tem que ter o conforto de comprar seu livro e ter a certeza de que o mesmo é de boa qualidade, ou seja, que ele não irá se arrepender depois da compra. E, é sua obrigação, apresentar essa segurança a ele. Como? Usando o método dos 4Ps.



– Preço: Mostre a ele quanto o produto custa

– Praça: Onde ele está sendo vendido, como funciona a distribuição do mesmo e como a entrega ocorre

– Produto: Aqui é onde você conta mais sobre seu produto (livro). Tudo nele que fará as pessoas gostarem. Qual a necessidade dele existir.

– Promoção: É o último P, nele você, autor trabalhará nas diversas formas de oferta. Uma boa chamada para o Post que atraia o leitor e o potencial comprador.

Num resumo geral, queremos que você saia da divulgação que tem como padrão. Inove, chame atenção, apresente seu livro para quem gostaria que o compre e mostre o quanto ele é importante. Para você e para o mundo. Assim… Convencendo os possíveis compradores de que seu livro é um material a ser adquirido.



Toque a empatia das pessoas mostrando mais de si enquanto estivera produzindo o livro. Conte sobre seu processo criativo, o que te inspira, traga as pessoas para perto de você. Trabalhe seu relacionamento com os outros. As redes sociais são as melhores plataformas de trabalho, mas não é só porque o nome da ação é MKT Digital que é apenas internet. Quem compra não é uma máquina, é uma pessoa buscando suprir sua necessidade, portanto esse termo não existe (efetivamente) porque o foco sempre se resume em tocar/alcançar as pessoas.


Mostre sua cara: Ultimamente venho percebendo (como autor) que as ´pessoas conhecem meu trabalho, mas se perguntassem quem eu sou só saberiam meu nome, pois ele está escrito na capa do meu livro. E, como uma necessidade, é de suma importância que – para promover qualquer trabalho – as pessoas precisam linkar quem o oferece com o que é oferecido. Participe de lives, se mostre o autor daquela obra por meio de fotos, vídeos… No final eles saberão que fulano de tal é o autor daquela obra de tal. Certo?



Sua divulgação deve acompanhar as tendências da sociedade: Já pensou em divulgar o seu livro no Tik Tok hoje? Pois bem, tem a noção do quanto o app cresceu nesse período de quarentena? Busque focos de interação e se adapte a eles para promover alcance e visibilidade para sua obra. Use memes, brincadeiras e diversas outras formas de apresentar seu livro.

Disponibilize outros materiais para que as pessoas conheçam o seu trabalho: como diachos você autor vai querer que alguém compra seu livro se ao menos a pessoa não conhece e simpatize com a sua forma de contar história?

Existem plataformas onlines e gratuitas para publicação de livros. Wattpad (muitos escritores famosos foram conhecidos por lá), Nyah! Fanfiction, Social Spirit e muitos outros. A ideia é baba. Poste um conto, um projeto em andamento e libere para que seus futuros leitores já possam conhecer a sua escrita.

Abuse da criatividade não apenas na escrita. Seja mais sonhador do que seus personagens. Se reinvente como autor e promovedor de sua própria obra.




57 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CNPJ: 27.540.961/0001-45
Razão Social: Skull Editora Publicação e Vendas de Livros
Endereço: Caixa postal  79341 - Cep: 02201-971, - Jardim Brasil, São Paulo - SP

© 2020 Skull Editora. Todos os direitos reservados.