• Gabriel Cordeiro

ENTREVISTANDO LUCIANA PACKNESS

Autora de Umbigo do Mundo conta como foi escrever seu livro que resgata a história da Expedição Nazista no Brasil

Olha só quem está de volta hehe! Tô vendo a hora que vocês enjoarão dessas entradas cafonas. Até tentamos fazer algo triunfal, mas bem como diz o meme por aí – numa breve adaptação – Falhar é do ser humano, porém continuar tentando é de Deus. Amém?

Brincadeiras à parte cá estamos com mais uma autora maravilhosa. Cheia de carisma, simpatia e uma bagagem histórica tremenda a beça, Luciana Packness é a nossa convidada da vez para compartilhar um pouco mais sobre sua história como escritora. Bora lá?

SKULL BLOG: Fale um pouco sobre você. (Onde você nasceu, sua idade…)


LUCIANA: Luciana Packness, 44 anos, nascida em São Paulo. Morei 9 anos em Ribeirão Preto e estou de volta à capital. Já viajei bastante, principalmente a trabalho, e tive oportunidade de conhecer vários lugares do Brasil e diferentes culturas.

SKULL BLOG: Qual a sua formação? (Ensino Médio, Curso Técnico…)


LUCIANA: Formada em Publicidade e Propaganda, com pós-graduação em projetos e processos. Atualmente faço Licenciatura em História.

SKULL BLOG: Qual foi seu primeiro contato com a Literatura? Como começou a escrever?


LUCIANA: Sempre li muito e desde os 10 anos lia 1 livro de aventura por semana. Nessa época, escrevi um conto sobre a aventura de uma fada para um concurso da Telesp, onde meu pai trabalhava. Fiquei em segundo lugar.

SKULL BLOG: Sempre escreveu o gênero que trabalha atualmente? (Ex: Começou com Romance e agora está voltado para o Terror)


LUCIANA: Contar histórias e escrever narrações sempre foi muito fácil para mim e é o que gosto de escrever, com romances e aventura. Atualmente misturo ficção científica e ficção histórica.

SKULL BLOG: A escrita é bem mais complicada do que apenas sentar em frente ao computador e despejar ideias, ela muitas vezes é recheada de planejamentos e estratégias. Sendo assim, como funciona o seu processo para criar um novo livro?


LUCIANA: Tem várias etapas… (a primeira delas é) colocar pontos sobre o que é a história e o que você quer passar, montar um rough, pensar nos personagens que a história demanda e encaixá-los nos arquétipos tradicionais. Daí faço uma descrição completa sobre as características físicas, emocionais e sociais de cada personagem. Também esboço com desenho ou imagens referência para defini-lo, junto com o mais importante: palavras e sotaques que ele usará como base para seus diálogos. Retorno para a história e traço mais detalhadamente, começo a criar uma sequência de acontecimentos principais e dividi-las nos capítulos (sendo que essa parte para mim é bem revisitada quando começo a escrever a história e trama se desenrola). O processo é essencial para a trama não perder o objetivo .

SKULL BLOG: O Umbigo foi Mundo foi lançado pela Editora Skull, poderia contar um pouquinho mais sobre a história?


LUCIANA: O Umbigo do Mundo resgata a História da Expedição Nazista que aconteceu no Brasil, em 1935, que tinha como objetivo declarado o mapeamento da fronteira da Guiana Francesa e da bacia do Rio Jari, misturando fatos históricos com ficção numa aventura na Amazônia, passando pela cultura de tribos indígenas, lendas amazônicas, Santo Daime, garimpo clandestino e arqueologia local.

O renomado professor da USP, Antônio Okobashi, descobre duas relíquias nazistas em posse de um caboclo simples, dono de um pequeno bar no centro de Manaus. Intrigado com a história dos objetos, ele se junta a um petulante jornalista paulista, defensor de causas indigenistas, e a uma intrometida antropóloga francesa, cheia de truques, para descobrir a verdade sobre as pesquisas nazistas realizadas em tribos brasileiras na década de 30. Assim, um grande grupo de expedição é formado: juntando-se ao Professor Okobashi, a Heitor Sampaio e a Pauline Dutel, estão Maria Cecília, irmã mais nova de Heitor, e Tapuio, um experiente caboclo-mateiro. O grupo não passa despercebido por Chico Prata, um astuto bandido comandado pelo influente Coronel Osório que esconde suas atividades clandestinas de garimpo e tráfico de animais silvestres por trás da sua reputação de fazendeiro de sucesso.

Coronel Osório manda roubar o raro relógio de pulso alemão e um filme 16 mm com imagens surpreendentes dos pesquisadores realizando antropometria em indígenas de uma tribo desconhecida.

SKULL BLOG: Quanto tempo levou para escrevê-lo?


LUCIANA: 6 anos

SKULL BLOG: Cite autores (ou obras) que te influenciam na sua carreira.

LUCIANA: Dan Brown, JK Rowling, Stella Carr, Laurentino Gomes

SKULL BLOG: Como lida com o bloqueio criativo?


LUCIANA: Criatividade também é treino. O criativo quando está sem inspiração deve procurar soluções. Eu leio, estudo sobre assunto específico, fuço no Google e nas imagens do Pinterest.

SKULL BLOG: Possui planos para o futuro? (Outros lançamentos, projetos literários)


LUCIANA: Tenho a segunda parte do Umbigo do Mundo que já comecei a escrever.

SKULL BLOG: O que te faz escrever? Diga sua motivação.


LUCIANA: Gosto de contar histórias para as pessoas, compartilhar conhecimento. Também acredito que escrever ficção histórica, misturando acontecimentos reais e ciência, pode despertar a curiosidade nas pessoas em estudar mais, adquirir conhecimento, conhecer mais nosso mundo. Quando você conhece uma coisa ou pessoas, você respeita.

SKULL BLOG: Qual foi a coisa mais difícil que já escreveu?


LUCIANA: Redação da Fuvest de 1996. Foi uma dissertação – tenho dificuldade em dissertações – sobre um tema que não consegui identificar qual era e nem escrever sobre ele. Era Pop Art.

SKULL BLOG: Como lida com as críticas? Negativas e positivas sobre seu trabalho.


LUCIANA: Acho que são válidas, tento transformá-las sempre em construtivas. Reflito se encaixam ou não nos meus objetivos e como adaptá-las à minha criação.

SKULL BLOG: E por último… Deixe um conselho para novos autores.


LUCIANA: Leia, releia, leia, releia.... inúmeras vezes.

Gostaria de deixar um recado para seus leitores? Esse é o seu momento!

Obrigada pela sua atenção. Espero que se divirtam lendo meu livro.


SOBRE O LIVRO:

Heitor Sampaio, jornalista famoso por suas reportagens relacionadas a temáticas indígenas, tem contato com um reconhecido professor da USP, e com uma bela e inteligente antropóloga francesa, quando é convocado para ajudar a elucidar imagens de um filme Super 8 nazista esquecido em Manaus.

Além de imagens do Projeto Guiana – a misteriosa expedição nazista que explorou a Floresta Amazônica de 1935 a 1937 – o filme parece retratar os pesquisadores alemães em busca da origem da raça ariana, em uma tribo indígena desconhecida. Mas, afinal, qual era o real objetivo dos nazistas em uma missão secreta na floresta brasileira?!

Para procurar as respostas, um grupo de busca é formado por pessoas de diversas especialidades e talentos. Durante sua aventura, esse grupo chama a atenção de um dos homens mais ricos e poderosos da cidade, o perigoso Coronel Osório.

Baseado em fatos reais pouco conhecidos, o Umbigo do Mundo é uma descontraída aventura de ficção que convida o leitor a refletir sobre diversos estigmas da História.

LINK PARA COMPRA CLICANDO AQUI!



Você também pode encontrar A autora) em suas redes sociais:

Instagram: luciana_d._packness










11 visualizações
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CNPJ: 27.540.961/0001-45
Razão Social: Skull Editora Publicação e Vendas de Livros
Endereço: Caixa postal  79341 - Cep: 02201-971, - Jardim Brasil, São Paulo - SP

© 2020 Skull Editora. Todos os direitos reservados.