• Gabriel Cordeiro

ENTREVISTA COM DAVID MACHADO

Chegou a vez do autor de "A CASA DE PENHORES" nos contar sobre seu livro. Acompanhem David nesse bate-papo fantástico!


Adivinhem quem está de volta com as entrevistas, ladies and gentlemen? Isso mesmo, euzinho aqui. Estavam com saudades? De mim não? Poxa… Mas com certeza estavam de conhecer um pouquinho mais sobre esses autores fantásticos da Editora Skull, certo? Amém!

Pois bem, hoje o nosso ilustre convidado tem um perfil no instagram minuciosamente organizado (Meu TOC agradece. Obrigado!), é um baita desenhista e, até alguns dias atrás, era o autor mais misterioso da nossa casa editorial pelo simples motivo de ninguém nunca ter visto sua rosto. Haha! Uma figura, não é mesmo? Mas agora os segredos ficaram de lado, pois David Machado (eita nome de artista) aceitou nosso convite para contar mais sobre sua vida e seu lançamento!

Se liga na entrevista:

SKULL BLOG: Fale um pouco sobre você. (Onde você nasceu, sua idade…)

DAVID: Nasci em São Paulo, na Zona Leste para ser mais específico, no dia 27 de março de 1993, então tenho 27 anos.

SKULL BLOG: Qual a sua formação? (Ensino Médio, Curso Técnico…)

DAVID: Ensino superior incompleto.

SKULL BLOG: Qual foi seu primeiro contato com a Literatura? Como começou a escrever?


DAVID: Minha mãe me incentivava a leitura. Comecei escrevendo num caderno de escola, obviamente que eu não me interessava pela matéria que estavam passando. Esse meu livro tenho guardado até hoje, eu tinha aproximadamente 12 anos e o livro ficou com uma média de 180 páginas, um livro de ficção científica.

SKULL BLOG: Sempre escreveu o gênero que trabalha atualmente? (Ex: Começou com Romance e agora está voltado para o Terror)


DAVID: Não, minhas primeiras ideias para livros foram na temática Cyberpunk.

SKULL BLOG: A escrita é bem mais complicada do que apenas sentar em frente ao computador e despejar ideias, ela muitas vezes é recheada de planejamentos e estratégias. Sendo assim, como funciona o seu processo para criar um novo livro?


DAVID: Ótima pergunta, eu sempre falo que para o preparo de um escritor para produzir as páginas de seu livro, é necessário que ele crie a sua atmosfera, que ele consiga fazer com que o ambiente a sua volta se torne um pouco do que ele está produzindo!

SKULL BLOG: A Casa de Penhores foi lançado pela Editora Skull, poderia contar um pouquinho mais sobre a história?


DAVID: A Casa de Penhores é um livro inspirado no Cinema Expressionista Alemão, esse tipo de cinema passava a ideia de que os personagens estavam dentro de um sonho ou como gosto de dizer... em um pesadelo.

SKULL BLOG: Quanto tempo levou para escrevê-lo?


DAVID: Junto com a escrita e os desenhos, 4 anos!

SKULL BLOG: Cite autores (ou obras) que te influenciam na sua carreira.


DAVID: Tim Burton é sem sombra de dúvida a minha primeira inspiração para todo o meu trabalho, desde suas histórias nos filmes como a atmosfera que ele cria. Edgar Allan Poe também tem seu peso em minhas ideias e, obviamente, H P Lovecraft.

SKULL BLOG: Como lida com o bloqueio criativo?


DAVID: Eu bebo, saio para correr e lutar boxe, assisto filmes que possam me dar ideias.

SKULL BLOG: Possui planos para o futuro? (Outros lançamentos, projetos literários)


DAVID: Sim, A Casa de Penhores é o primeiro de 9 livros!

SKULL BLOG: O que te faz escrever? Diga sua motivação.


DAVID: Instinto natural, preciso passar a loucura que tem na minha cabeça de alguma forma para o mundo, na escrita acho um meio muito bom para isso, e no desenho também!

SKULL BLOG: Qual foi a coisa mais difícil que já escreveu?


DAVID: No meu livro tento colocar algumas passagens cômicas, mas acho que a comédia é um dos estilos mais difíceis de escrever, admiro muito comediantes de Stand up!

SKULL BLOG: Como lida com as críticas? Negativas e positivas sobre seu trabalho.


DAVID: Depende do que é a crítica, acredito que todos nós podemos evoluir juntos, no entanto devemos ter uma peneira para comentários, pois alguns são apenas achismo e ou ideias que não fazem sentido para o seu plano maior. O autor sabe como a história irá se desenrolar, então dependendo do comentário não é válido para ele, mas é sempre interessante ouvir o que as pessoas têm a acrescentar.

SKULL BLOG: E por último… Deixe um conselho para novos autores.


DAVID: Sabe aquela velha frase de “acredite nos seus sonhos” é isso, tenha persistência, o mundo está cheio de pessoas geniais, mas que não tiveram e não tem persistência, ah e paciência também, a jornada é longa, mas vale a pena!



Gostaria de deixar um recado para seus leitores? Esse é o seu momento!


Você já teve um sonho tão estranho que não conseguia explicar como foi?”

Obrigado a todos que estão me apoiando nesse meu início na Skull, e posso garantir que vou entregar as melhores histórias que existem no universo de A Casa de Penhores!

E essa foi a nossa entrevista de hoje, Pessoinhas! Nós do Skull Blog agradecemos a participação do autor que cheio de simpatia fez desse quadro mais fenomenal! Desejamos muito sucesso em suas realizações. E você, leitor, ficou na vontade de adquirir esse livrão? Se atente logo abaixo para saber mais!


Você já teve um sonho tão estranho que não conseguia explicar como foi?

Wallace um ilustre cientista mora com a sua irmã Julia em sua Casa de 

Penhores, uma casa que fica perto de uma cidade um tanto quanto 

peculiar. 

Mas a morte do Bartolomeu o coelho de sua irmã faz com que coisas 

estranhas comecem a acontecer, o Sol não nasce mais, deixando apenas a luz da lua no céu e uma loucura começa a pairar na cidade. Wallace começa a fazer planos para trazer o coelho do mundo dos mortos, no entanto uma visita indesejada faz com que seus planos mudem 

drasticamente.

ADQUIRA JÁ O SEU!







Você também pode encontrar o autor em suas redes sociais:

Instagram: @davidmachado42

Tik Tok: @david_machado42




0 visualização
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

CNPJ: 27.540.961/0001-45
Razão Social: Skull Editora Publicação e Vendas de Livros
Endereço: Caixa postal  79341 - Cep: 02201-971, - Jardim Brasil, São Paulo - SP

© 2020 Skull Editora. Todos os direitos reservados.